Colégio Visão - A educação levada a sério!

Projeto Padrinho e Madrinha

Objetivo Geral: Acolher o novo aluno e inseri-lo no ambiente escolar promovendo novas amizades.

Por Kelma Flores Marques Leite | dia | em Blog/Atividades | 0 Comentários

Projeto Padrinho e Madrinha
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
JUSTIFICATIVA

 O objetivo do projeto “Padrinho e Madrinha” do Colégio Visão é aproximar os novos alunos e não deixar que eles fiquem sozinhos, evitando que percam o entusiasmo de virem ao colégio.

A apresentação desse novo colega e mostrar as dependências da escola tais como: biblioteca, banheiros, cantina e salas multimídias são algumas das ações que os estudantes voluntários realizarão com o recém-chegado.

Em algumas instituições que o projeto foi aplicado e desenvolvido, a atividade foi muito bem aceita pelos novos alunos, que encontraram em seu padrinho e madrinha um apoio criando um novo vínculo com este e com novos estudantes.

Segundo a orientadora educacional Andressa Ruiz Barbosa que aplicou o projeto no Colégio F E A Nossa Senhora do Carmo diz que o mais gratificante é ver os alunos brincando, conversando e sorrindo juntos. Ela complementa ainda que não viam mais os estudantes sozinhos e perdidos, mas acompanhados e felizes, e o rendimento em sala de aula também melhorou.

Sabe-se que em todas as escolas há alunos que, ao formar grupos de trabalho, selecionam alguns colegas, deixando para o final sempre dois ou três, mas, às vezes, antes que o grupo deixe de lado alguns, eles mesmos se isolam e neste momento a intervenção do professor torna-se necessária.

As causas deste isolamento são muitas e podem ser transitórias, como a separação dos pais, chegada de um irmão, a morte de um ente querido ou a própria personalidade do aluno, porém os motivos também             podem estar na escola e, por vezes, referem-se à aprendizagem.

Para a psicanalista do Colégio Freudiano do Rio de Janeiro, Inês Ribeiro, algumas crianças mais introvertidas, geralmente dotadas de talentos artísticos, têm muitas dificuldades de se enturmarem. O isolamento é decisão pensada. Esses alunos também merecem atenção especial e devem ter seus direitos respeitados.

Outros profissionais da área da psicologia justificam o isolamento social que podem variar de uma depressão à dificuldade de expressão. 

Ao perceber que estes fatos ganham proporções maiores dentro do ambiente escolar, o Colégio Visão decidiu interferir na tentativa de amenizar o problema por meio do Projeto Padrinho e Madrinha, que tem como base o apoio das famílias, pois é importante para a escola saber se o aluno se comporta lá fora do mesmo modo que se comporta na escola.

Além disso, é importante lembrar que nem sempre o professor consegue lidar com algumas destas situações citadas anteriormente havendo a necessidade de encaminhar esse aluno a um profissional especializado.

 OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • Despertar o entusiasmo pela escola;
  • Apresentar o espaço físico escolar, como: salas de aula, rádio, sanitários, cantina, entre outros espaços;
  • Informar sobre os projetos pedagógicos realizados na escola no decorrer do ano letivo, como: aluno-guia, rádio escola, entre outros projetos.
METODOLOGIA

O projeto Padrinho e Madrinha será desenvolvido em todas as turmas do Ensino Fundamental e Médio, nos períodos matutinos e vespertinos com o intuito de socializar ou interagir o novo estudante que chega ao Colégio Visão durante o ano letivo.

O aluno recém-chegado terá o apoio de um Padrinho ou Madrinha, de cada sala, escolhido por um professor da turma.

As atribuições do Padrinho ou Madrinha serão mostrar a escola, promover novas amizades, apresentar os projetos, bem como a equipe escolar, (auxiliar nas tarefas escolares, dentre outras ações que devem ser feitas durante o intervalo, quando necessário).

O Padrinho e Madrinha disponibilizam-se a acompanhar o novo aluno e a ajudá-lo na acomodação desse novo ambiente durante o período necessário à adaptação do aluno recém-chegado.

Deixe seu comentário aqui: