Colégio Visão - A educação levada a sério!

Projeto Prática de Redação para o Ensino Fundamental II

Objetivo Geral: Aprimorar o hábito da escrita nos alunos do Ensino Fundamental II despertando-lhes o desenvolvimento das produções textuais, posteriormente chamada Redação.

Por Kelma Flores Marques Leite | dia | em Blog/Atividades | 0 Comentários

Projeto Prática de Redação para o Ensino Fundamental II
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter
JUSTIFICATIVA

 É de conhecimento comum que todos necessitam do meio de comunicação em forma de escrita e desde muito cedo essa prática começa a ser desenvolvida. Com o passar dos anos ocorre o aprimoramento do modo de escrever, tanto na ortografia como na concordância (coerência e coesão), e percebe-se que a cobrança em vestibulares e exames como o ENEM também aumentam. Dessa forma o Colégio Visão percebeu a necessidade de antecipar o desenvolvimento da Prática de Redação para o Ensino Fundamental II, para que os mesmos cheguem ao Ensino Médio um tanto mais preparados e habituados à escrita.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

 - Antecipar o desenvolvimento das produções textuais;

- Proporcionar o hábito de escrever e reescrever os textos;

- Aprimorar o modo da escrita;

- Preparar o aluno do Ensino Fundamental II para as práticas de redação que serão propostas no Ensino Médio;

- Facilitar o trabalho do professor do Ensino Médio ao receber os alunos já habituados à escrita.

 METODOLOGIA

 O presente projeto terá por metodologia uma divisão de gêneros textuais entre o Ensino Fundamental II, pensado em qual maneira será mais fácil e proveitoso para o aluno começar a relacionar o modo de escrever com as produções que o mesmo fará ao ingressar no Ensino Médio.

A divisão será disposta da seguinte maneira:

- 6º Ano: Narração (é um tipo de texto que relata uma história real, fictícia ou mescla dados reais e imaginários. O texto narrativo apresenta personagens que atuam em um tempo e em um espaço, organizados por uma narração feita por um narrador. A história narrada deve ter Clímax, que é o ponto da narrativa em que a ação atinge seu momento crítico, tornando o desfecho inevitável e um Desfecho, que é a solução do conflito produzido pelas ações dos personagens)

- 7º Ano: Conto e Descrição (é uma narrativa linear e curta, tanto em extensão quanto no tempo em que se passa. A linguagem é simples e direta, não se utiliza de muitas figuras de linguagem ou de expressões com pluralidade de sentidos. Todas as ações se encaminham diretamente para o desfecho. Envolve poucas personagens, e as que existem se movimentam em torno de uma única ação. As ações se passam em um só espaço, constituem um só eixo temático e um só conflito. A habilidade com as palavras é muito importante, principalmente para se utilizar de alusões ou sugestões, frequentemente presentes nesse tipo de texto)

- 8° Ano: Crônica e Prosa (narração curta, descreve fatos da vida cotidiana, pode ter caráter humorístico, crítico, satírico e/ou irônico, possui personagens comuns, segue um tempo cronológico determinado, uso da oralidade na escrita e do coloquialismo na fala das personagens e linguagem simples)

- 9º Ano: Dissertação (Introdução: A introdução deve apresentar de maneira clara o assunto que será tratado e delimitar as questões, referentes ao assunto, que serão abordadas. Neste momento pode-se formular uma tese, que deverá ser discutida e provada no texto, propor uma pergunta, cuja resposta deverá constar no desenvolvimento e explicitada na conclusão. Desenvolvimento: É a parte do texto em que as ideias, pontos de vista, conceitos, informações de que dispõe serão desenvolvidas; desenroladas e avaliadas progressivamente. Conclusão: É o momento final do texto, este deverá apresentar um resumo forte de tudo o que já foi dito. A conclusão deve expor uma avaliação final do assunto discutido)

Sobre cada um dos gêneros literários e em cada ano, como disposto, os alunos terão aulas explicatórias na disciplina de Língua Portuguesa e como prática escreverão seus textos com o tema proposto pelo professor.

Ao todo cada aluno fará 4 (quatro) práticas de redação por bimestre, totalizando um valor de 100 (cem) a ser somada e dividida pela quantidade de avaliações, fechando assim sua média bimestral.

A data a ser entregue também será pré-estabelecida em dia e aula, pois o professor fará a correção do texto em determinado rascunho e após a correção o texto voltará para o aluno que deverá reescrevê-lo, conforme correção, e devolvê-lo ao professor, para só então ser atribuído uma nota.

AVALIAÇÃO

Em cada Prática de Redação elaborada pelo aluno o professor de Língua Portuguesa irá avaliar a característica que o gênero literário deve seguir, a ortografia, divisão de parágrafos, estética da escrita, o tema a ser descrito, a coerência e coesão que deve haver para que o texto tenha sentido e o conjunto em um todo que possa garantir o bom desenvolvimento textual do aluno. E justamente para garantir esse desenvolvimento textual, a prática de redação deverá ser reescrita e devolvida ao professor, a fim de garantir que o aluno observe e atente-se aos descuidos cometidos.

Deixe seu comentário aqui: