Colégio Visão - A educação levada a sério!

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

Apresentação em sala de aula, sobre doenças.

Por Kelma Flores Marques Leite | dia | em Blog/Blog | 0 Comentários

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

No dia 23 de março de 2017 os alunos do 7º Ano do Ensino Fundamental do Colégio Visão, orientados pela professora Fabiana Regina, apresentaram o trabalho de ciências voltado para doenças, sendo elas: Aids, Febre Amarela, Meningite, Chikungunya, Pneumonia e Gripe H1N1.

A doença Aids foi apresentada pela aluna Dahra Kauane Jácome, que informou quais são as formas de transmissão dessa doença, os sintomas que ela causa, a forma de prevenção e o tratamento que deve ser realizado.

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

 

O que é a Aids?

É uma doença que agride o sistema imunológico da pessoa, destruindo os glóbulos brancos.

A transmissão dessa doença ocorre por meio de relação sexual, compartilhamento de seringas, transfusão de sangue contaminado.

Sintomas:

  • Febre
  • Aparecimento de gânglios
  • Crescimento do baço e do fígado
  • Alterações elétricas do coração
  • Inflamação das meninges nos casos graves.

Prevenção:

  • Para evitar a transmissão da aids, é recomendado o uso de preservativo durante as relações sexuais
  • A utilização de seringas e agulhas descartáveis
  • O uso de luvas para manipular feridas e líquidos corporais;
  • Testar o sangue e hemoderivados para transfusão;
  • As mães infectadas pelo vírus devem usar antirretrovirais durante a gestação para prevenir a transmissão vertical e evitar amamentar seus filhos;

Tratamento:

A Aids não tem cura, porém os portadores do HIV dispõem de tratamento oferecido gratuitamente pelo Governo

Ao procurar ajuda médica, em um dos hospitais especializados em DST/Aids, o paciente terá acesso ao tratamento anti-retroviral. Os objetivos do tratamento são prolongar a sobrevida e melhorar a qualidade de vida do paciente com Aids, pela redução da carga viral e reconstituição do sistema imunológico.

O atendimento é garantido pelo SUS, por meio de ampla rede de serviços.

 

O aluno Igor Minerval Bossa apresentou a doença Febre Amarela, destacando quais são as formas de transmissão, os sintomas, a forma de prevenção e o tratamento que deve ser realizado.

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

O que é Febre Amarela?

É uma doença infecciosa grave, contraída pela picada do mosquito.

Sintomas:

  • Febre;
  • Dores musculares em todo o corpo, principalmente nas costas;
  • Dor de cabeça;
  • Perda de apetite;
  • Náuseas e vômito;
  • Olhos, face ou língua avermelhada;
  • Fotofobia;
  • Fadiga e fraqueza.

Prevenção:

A prevenção é feita tanto pela vacinação, como também pelo controle do mosquito Aedes aegypti.

Tratamento:

Não existem tratamentos médicos específicos contra o vírus da febre amarela. Normalmente o tratamento visa a melhora dos sintomas e em casos mais graves é realizado o atendimento em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), para reposição do sangue perdido nas hemorragias, diálise para os rins afetados e controle geral das complicações. Devido ao risco da doença se desenvolver de forma hemorrágica, é importante evitar o uso de aspirina.

A doença Meningite foi apresentada pelas alunas Karoliny Alves Queiroz e Lavinya Rezende dos Santos, que apresentaram as formas de transmissão dessa doença, os sintomas que ela causa, a forma de prevenção e o tratamento a ser realizado.

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

O que é Meningite?

A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro.

Existem diversos tipos de meningite, e para cada um deles há causa e sintomas específicos.

Sintomas:

  • Febre alta repentina
  • Forte dor de cabeça
  • Pescoço rígido
  • Vômitos
  • Náusea
  • Confusão mental e dificuldade de concentração
  • Convulsões
  • Sonolência
  • Fotossensibilidade
  • Falta de apetite
  • Rachaduras e presença de manchas vermelhas na pele.

Prevenção:

Meningite é geralmente resultado de contágio entre duas pessoas.

Vírus e bactérias causadores da doença podem ser transmitidos via tosse, espirro, beijo ou compartilhamento de itens pessoais.

Por isso, é importante evitar ficar muito próximo a pessoas portadoras de meningite.

Tratamento:

O tratamento de meningite depende da causa.

Para meningite viral muitas vezes o tratamento é dispensável, pois a doença costuma desaparecer sozinha após algumas semanas. Geralmente, os únicos meios de terapia indicados pelo médico são repouso, ingestão de muita água e o uso de medicamentos para aliviar as dores. Em casos específicos, o médico pode receitar também um antiviral.

Mesmo quando as causas da meningite não estão esclarecidas, os médicos podem ministrar medicamentos antivirais e antibióticos para o paciente, já que meningites causadas por vírus e bactérias são os tipos mais frequentes da doença.

 

Os alunos Otavio Baldo Dourado de Araújo e Isadora Liutti de Oliveira Salvadego, apresentaram a doença Chikungunyadestacando quais são as formas de transmissão, os sintomas, a forma de prevenção e o tratamento que deve ser realizado.

 

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

 

O que é Chikungunya?

É uma doença parecida com a dengue, causada pelo vírus CHIKV, da família Togaviridae.

É transmitida pela picada do mosquito Aedes aegypti infectado e, menos comumente, pelo mosquito Aedes albopictus.

 

Sintomas:

  • Febre;
  • Dor nas articulações
  • Dor nas costas
  • Dor de cabeça.

Outros sintomas incluem:

  • Erupções cutâneas
  • Fadiga
  • Náuseas
  • Vômitos
  • Mialgias.

Prevenção:

O mosquito Aedes aegypti é o transmissor do vírus e suas larvas nascem e se criam em água parada.

Por isso, evitar esses focos da reprodução desse vetor é a melhor forma de prevenir a febre chikungunya!

Tratamento:

Atualmente, não há tratamento específico disponível para a febre chikungunya. Para limitar a transmissão do vírus, os pacientes devem ser mantidos sob mosquiteiros durante o estado febril, evitando que algum Aedes aegypti o pique, ficando também infectado.

É importante apenas tomar muito líquido para evitar a desidratação. Caso haja dores e febre, pode ser receitado algum medicamento antitérmico, como o paracetamol. Em alguns casos, é necessária internação para hidratação endovenosa e, nos casos graves, tratamento em unidade de terapia intensiva.

 

A doença Pneumonia foi apresentada pelo aluno Carlos Eduardo de Oliveira Souza, que apresentou as formas de transmissão dessa doença, os sintomas que ela causa, a forma de prevenção e o tratamento a ser realizado.

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

 

O que é Pneumonia?

Pneumonia é uma infecção que se instala nos pulmões .

Pode acometer a região dos alvéolos pulmonares onde desembocam as ramificações terminais dos brônquios e, às vezes, os interstícios.

Sintomas:

  • Febre alta
  • Tosse
  • Dor no tórax
  • Alterações da pressão arterial
  • Confusão mental
  • Mal-estar generalizado
  • Falta de ar
  • Secreção de muco purulento de cor amarelada ou esverdeada
  • Toxemia (danos provocados pelas toxinas carregadas pelo sangue)
  • Prostração (fraqueza).

Prevenção:

As vacinas podem ajudar a prevenir a pneumonia em crianças, idosos ou pessoas com diabetes, asma, enfisema, HIV, câncer ou outras condições com efeitos a longo prazo:

  • Uma droga chamada Synagis (palivizumab) é ministrada a algumas crianças com menos de 24 meses para prevenir a pneumonia causada por vírus sincicial respiratório
  • A vacina contra gripe previne pneumonia e outros problemas causados pelo vírus influenza. Ela deve ser aplicada anualmente para proteger contra novos ataques de vírus
  • A vacina HIB previne a pneumonia em crianças de Haemophilus influenzae tipo B
  • A vacina pneumocócica (Pneumovax, Prevnar) reduz suas chances de contrair pneumonia de Streptococcus pneumoniae.

Tratamento:

O tratamento da pneumonia requer o uso de antibióticos, e a melhora costuma ocorrer em três ou quatro dias.

 

Os alunos João Vitor Perez de Oliveira, João Pedro Almeida Lima, e Isis Naomi Futigami Colonelli, Yasmin Prette da Silva, apresentaram a doença Gripe H1N1destacando quais são as formas de transmissão, os sintomas, a forma de prevenção e o tratamento que deve ser realizado.

 

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

 

 

Trabalho de Ciências - 7º Ano Ensino Fundamental

 

 

O que é Gripe H1N1?

A gripe H1N1 consiste em uma doença causada por uma mutação do vírus da gripe. Também conhecida como gripe Influenza tipo A ou gripe suína.

Sintomas:

  • Febre alta
  • Tosse
  • Dor de cabeça
  • Dores musculares
  • Falta de ar
  • Espirros
  • Dor na garganta
  • Fraqueza
  • Coriza
  • Congestão nasal
  • Náuseas e vômitos
  • Diarreia.

Prevenção:

A prevenção de gripe H1N1 segue as mesmas diretrizes da prevenção de qualquer tipo de gripe, só que o cuidado deve ser redobrado:

  • Evite manter contato muito próximo com uma pessoa que esteja infectada
  • Lave sempre as mãos com água e sabão e evite levar as mãos ao rosto e, principalmente, à boca
  • Leve sempre um frasco com álcool-gel para garantir que as mãos sempre estejam esterilizadas
  • Mantenha hábitos saudáveis. Alimente-se bem e coma bastante verduras e frutas. Beba bastante água
  • Não compartilhe utensílios de uso pessoal, como toalhas, copos, talheres e travesseiros
  • Se achar necessário, utilize uma máscara para proteger-se de gotículas infectadas que possam estar no ar
  • Evite frequentar locais fechados ou com muitas pessoas
  • Verifique com um médico se há necessidade de tomar a vacina que já está disponível contra a gripe H1N1.

Devido ao aumento súbito de casos no início de 2016, a prefeitura de São José do Rio Preto está fazendo uma campanha de vacinação extra na cidade, usando o lote de vacinas de 2015, que contempla também H1N1. No entanto, é muito importante ressaltar que em 2016 uma nova vacina da gripe será lançada na campanha nacional de vacinação contra a gripe, e ela também contemplará a H1N1 e deverá ser tomada.

A vacinação normalmente é oferecida na rede pública para pessoas dentro dos grupos de risco, ou seja:

  • Crianças entre 6 meses e 5 anos
  • Idosos acima de 60 anos
  • Gestantes
  • Portadores de doenças crônicas, como bronquite e asma.

Tratamento:

A maioria dos casos de gripe H1N1 foi sanada completamente sem a necessidade de internação hospitalar ou do uso de antivirais.

Em alguns casos, no entanto, o uso de medicamentos e a observação clínica são necessários para garantir a recuperação do pacient

 

 

Fonte: Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos - Bio Manguinhos. https://www.bio.fiocruz.br/index.php/sintomas-transmissao-e-prevencao-hiv-dpp

Fonte: Minha Vida. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/aids

Fonte: Minha Vida. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/febre-amarela

Fonte: Minha Vida. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/meningite.

Fonte: Minha Vida. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/chikungunya.

Fonte: Minha Vida. http://www.minhavida.com.br/saude/temas/gripe-h1n1.

 

 

 

Deixe seu comentário aqui: